Eu assisti: Esquadrão Suicida


Filme: Esquadrão Suicida
Título Original: Suicide Squad
Gênero: Ação, Fantasia
Lançamento: Agosto de 2016
Duração: 2 horas e 13 minutos
Distribuidora: Warner Bros
Nota:  3 de 5
Baseado nos quadrinhos da DC COMICS

Se você é super fã de quadrinhos e não concorda com a minha nota para esse filme, sugiro que nem continue a ler essa postagem. Demorou tempo demais para que eu me rendesse e assistisse finalmente a esse filme mesmo depois de tantos comentários antes e depois que o filme estreou. Quem acompanha o blog, sabe que eu não me ligo em nada nos comentários negativos e gosto mesmo é de conferir as coisas por mim mesma e por isso mesmo resolvi dar uma chance a esse filme. Não sou uma adoradora de quadrinhos. A verdade é que nunca li nenhum e meu único contato com vilões, heróis famosos de filme e etc é de referência e também de filmes que assisti. Então estou fazendo a crítica desse filme baseada somente na minha visão crua sem conhecimento dos quadrinhos, da adaptação do filme e de todo e qualquer elemento que pudesse ser influenciado pelo mesmo.


Eu não conheço muito os personagens da DC COMICS, o único que conheço é o BATMAN e mesmo assim não assisti nenhum dos filmes. Sim, eu tenho sérios problemas com filmes de personagens vilões, super heróis e etc. Enfim, vou falar do enredo do filme antes de tudo. Uma agente do governo chamada Amanda Walker tenta convencer o governo a usar super vilões que ela capturou e agora estão isolados para ajudarem em um caso de suposto terrorismo, caso eles sejam bem sucedidos eles terão 10 anos a menos em suas sentenças mas se desobedecerem ou fugirem serão mortos com um dispositivo instalados neles. Só que os vilões são barra pesada, do tipo loucos e assustadores. O grupo vai sendo apresentado aos espectadores enquanto a agente vai descrevendo seu plano. Arlequina, a doutora que ficou insana depois de ter sido designada para tratar o Coringa e acabar se apaixonando por ele tornando-se a mulher do pior bandido de Gotham. Pistoleiro, um assassino a sangue frio que mata pessoas por dinheiro e é conhecido por sua extrema pontaria já que ele não erra nenhum tiro. 



Capitão Bumerangue que tem um jeito excêntrico de praticar seus crimes. Crocodilo um tipo de pessoa e animal que devora suas vítimas para obter o poder delas, Diablo um cara com um poder especial que pode queimar o que quiser e tudo ao seu redor. Katana uma jovem japonesa lutadora que pode te cortar em pedacinhos em um piscar de olhos com uma espada que aprisiona a alma de quem ela mata. E o capitão Rick Flag, um oficial soldado bom em combate e que lidera o Esquadrão Suicida mantendo-os em controle, ele também é o único que controla Magia/Dra June uma bruxa poderosa que está na Terra há milênios e agora quer destruir tudo. Quando as coisas saem do controle, o Esquadrão terá que se juntar para salvar o mundo de uma destruição. Sendo vilões, eles se unirão ou só pensarão nos seus próprios objetivos? Temos também a aparição do Coringa, com alguns flashes do passado de Arlequina(minha preferida).



Pensando na atmosfera do filme toda essa reunião de vilões com talentos especiais unidos para combater um mal me lembrou muito Os Vingadores. Só que ao contrário. Como eu disse minha opinião é totalmente baseada somente no que assisti no filme e o que vi me fez dar nota máxima pra ele. O filme me manteve vidrada e com os olhos na tela todo o tempo. Isso considerando que eu só tinha ouvido falar em alguns personagens e não conhecia os outros. O desenvolvimento corre de uma forma bacana e os acontecimentos inseridos dentro do mesmo me fizeram dar destaque para vários personagens e momentos. A Arlequina se tornou a minha favorita e dai eu acabei entendendo porque ano passado visualizei tantas pessoas comentando sobre ela e querendo se vestir como ela. Ela é louca de pedra, mas muito cativante. Muita gente reclama do Jared Leto ter feito o papel do Coringa, mas eu particularmente gostei bastante. O cara ficou irreconhecível e absorveu muito bem o que tinha colocar de característica no mesmo. A risada dele foi outra coisa super engraçada e interessante já que eu fiquei com ela na cabeça muito tempo depois que o filme terminou. As cenas de luta, as peculiaridades dos personagens, os desafios e até as loucuras dos mesmos deram um ritmo bacana pro filme que realmente entretém quem está assistindo mesclando cenas de aventura, fantasia e um pouquinho de comédia também. 



Alguns fatos que me incomodaram foi a má exploração dos personagens. O filme praticamente gira em torno de DeadShot, Arlequina e Coringa. Tipo cade a valorização dos outros personagens? Há vilões bem interessantes ali e mesmo assim eles escolhem explorara apenas alguns. O roteiro também não é um dos melhores. Uma bruxa de décadas atrás com um irmão esquisito querendo dominar tudo. Muita coisas poderia ter sido criada ali e não foi. Esquadrão Suicida não é tão ruim quanto a maioria das críticas aparenta, pelo menos não pra mim. E não adianta vir me falar " ah, mas nos quadrinhos isso e aquilo, eles fizeram merda e bla bla" não vai adiantar nada e minha opinião não vai mudar. É um dos meus filmes favoritos e Arlequina me deixou apaixonada.









Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das "convocadas" por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.








3 comentários:

  1. Oi! Sou muito fã de cinema e de quadrinhos e acredite, adorei Esquadrão Suicida. Ele foi muito criticado e tem alguns erros sim, mas mesmo assim eu amei ♥️ adorei seu post. Esse filme pode ser uma visão diferente dos quadrinhos e isso as vezes é muito bom, acho que o único erro foi ter muitas músicas quase o tempo todo, isso ficou muito carregado, porém ainda assim, eu amo as cenas com as músicas. Acredito também que muitas pessoas acharam que o Coringa teria um espaço maior, então quando foram assistir, sairam decepcionadas e mesmo com certas cenas cortadas, não me importei. Me diverti muito com o filme e espero que consigam dar outra chance para o Jared Leto, só que com um roteiro dando um espaço maior para ele. Obrigado, vou começar a seguir seu blog ♥️😊

    Caio do blog https://outroleitorcinefilogeek.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ✌️👍😊 é claro, o filme gira em torno de poucos personagens e deixa outras para trás.

      Excluir
  2. Quando eu assisti esse filme eu gostei bastante, me entreteve do início ao fim, apesar das muitas críticas negativas eu continuo gostando da narrativa, principalmente dos personagens!

    www.estante450.blogspot.com

    ResponderExcluir



Topo